23 de nov de 2010

MAÇÃS DE OURO EM SALVAS DE PRATA

               Em  Provérbios 25.11 diz que a palavra dita ao seu tempo é como maçãs de ouro em salvas de prata. Dá a nos entender que assim como tem palavras dita no tempo cabível há também palavras fora do tempo ,precipitadas. E sendo pronunciada antes do momento gera situações indesejáveis.Por essa razão o Profeta Isaías no CAP.50.4 diz; O Senhor Jeová me deu uma língua erudita,para que saiba dizer,a seu tempo,uma boa palavra ao que está cansado. Ele desperta-me o ouvido para que ouça todas as manhãs,desperta-me o ouvido para que ouça como aqueles que aprende. Estamos vivendo em dias caótico,dias que trazem suas surpresas e muitas delas indesejáveis,mas temos que encarar e resistir. E o falar é um meio pelo qual nos defendemos,justificamos,respondemos,concordamos e discordamos.É preciso termos cuidados para não sofremos as consequencias de um falar sem medir a gravidade que poderar fazer. O mesmo escritor Salomão do capítulo 25.11 escreveu no CP. 15.23 de Provérbios que o homem se alegra nas resposta da sua boca,e a palavra,a seu tempo quão boa é. A bíblia nos tem dado grande exemplo de pessoas que sofreram por não ter cuidado nas palavras ditas.Já imaginou o sim de judas quando estava negociando a venda do filho de Deus? O não de Jonas quando Deus lhe mandava falar ao povo de Nínive? O desprezo por palavras do homem que estava ao lado de jesus na cruz? E assim foram muitos que sofreram por não pronunciar palavras em salvas de prata. O não para Deus poderá trazer grandes consequencias ao homem.Então,vamos refletir a todo instante o nosso falar para alcançarmos de Deus as suas misericórdias.Mesmo em meio as adversidades saibamos superar os nossos impulsos e responder com palavras como maçãs de ouro em salvas de prata.  Porque  o que é já foi;o que há de ser também já foi;e Deus pede conta do que passou.Ecesiastes 3.15. Sara Pereira